Casa Guilherme de Almeida


Este é um museu de caráter biográfico e literário, centrado na figura de Guilherme de Almeida, poeta paulista que residiu por mais de 20 anos na casa que atualmente abriga o museu. Inaugurado em 1979, o espaço reúne todo o acervo de objetos que pertenceram ao poeta, além de uma coleção significativa de obras de arte, com as quais o poeta fora presenteado ao longo de sua vida pelos próprios artistas, entre estes Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Di Cavalcanti, Lasar Segall e outros nomes do modernismo brasileiro. O espaço também possui uma biblioteca, uma hemeroteca e um arquivo fotográfico, além do mobiliário exposto, que compõe um raro conjunto que reflete momentos significativos da história brasileira durante o século XX através da cultura material.

O espaço organiza exposições regulares, focadas em temáticas artísticas ou literárias, e também promove outras atividades culturais, como debates, cursos, palestras e apresentações musicais.

A Casa Guilherme de Almeida é aberta ao público de terça-feira a domingo, das 10h às 18h. As terças e quintas-feiras são reservadas para visitas agendadas, enquanto os demais dias recebem o público espontâneo (de todo modo as visitas são sempre acompanhadas e monitoradas).

Endereço: Rua Macapá, 187
Tel.: (11) 3673-1883

Estação de metrô mais próxima: 
- Sumaré (Linha 2-Verde) - Aproximadamente 850 metros.

Lugares próximos:
Centro de Cultura Judaica (Casa de Cultura de Israel) - Aprox. 1000 mts.

(Foto retirada de http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/2013/04/visita-casa-guilherme-de-almeida.html)

Centro Cultural e de Estudos Superiores Aúthos Pagano


A casa que abriga o Centro Cultural e de Estudos Superiores Aúthos Pagano foi erguida em 1929 com projeto do arquiteto modernista Gregori Warchavchik, responsável também por duas outras casas na cidade, uma na rua Santa Cruz (Vila Mariana) e outra na rua Bahia (Higienópolis), erguidas anteriormente e até hoje reconhecidas como marcos da arquitetura modernista em São Paulo. A casa foi comprada por Aúthos Pagano em 1963, e após o falecimento de seu dono em 1976, foi tombada por lei como exemplar representativo da arquitetura contemporânea. Em 1982, foi doada à Secretaria de Estado da Cultura, com toda a mobília, o acervo e as coleções do antigo dono. Em 11 de maio do mesmo ano a Secretaria inaugurou o local como centro cultural, e desde então é um espaço voltado à leitura e aos estudos, onde também realizam-se regularmente atividades culturais, como encontros, debates, oficinas, cursos e outros tipos de eventos. O espaço também possui uma biblioteca, com mais de dez mil títulos variados, em áreas como direito matemática, economia, astronomia, relatividade e mais.

 Atualmente o Centro Cultural e de Estudos Superiores Aúthos Pagano é mantido pelo Instituto Pensarte, organização social ligada à Secretaria de Estado de Cultura, e no espaço realiza-se uma programação constante que inclui, além das atividades citadas acima, eventos musicais como apresentações de artistas, saraus e conversas.

Endereço: Rua Tomé de Souza, 997 - Alto da Lapa
Tel.: (11) 3539-6140
Site: http://www.centroculturalauthospagano.org.br/

Estação de trem mais próxima: 
- Estação Domingos de Moraes (Linha 8-Diamante) - Aproximadamente 1200 metros.

(Foto retirada de http://www.centroculturalauthospagano.org.br/a-casa/)

Museu do Futebol


O Estádio do Pacaembu é um dos mais importantes locais do futebol brasileiro, e guarda significados históricos variados relacionados ao principal esporte do país. Inaugurado em 1940, seu espaço já foi palco de acontecimentos importantes na história do futebol, desde sua participação na Copa do Mundo de 1950 até a recente conquista, em 2012, do título da Copa Libertadores da América pelo Corinthians, um dos principais clubes da cidade que por décadas utilizou este estádio municipal como sua casa.

Em função de todo o seu significado para o esporte, o Pacaembu (cujo nome oficial é Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho) abriga atualmente o Museu do Futebol, um dos museus mais reconhecidos da cidade por seu conceito expositivo que usa e abusa de múltiplas mídias e interatividade. Criado a partir de uma iniciativa conjunta da Prefeitura de São Paulo, do Governo Estadual de São Paulo e da Fundação Roberto Marinho, o museu preserva a arquitetura do estádio, aproveitando espaços já existentes e atribuindo-lhes um novo uso. O conceito do museu propõe uma sequência de salas que dedicam-se a expor diferentes experiências e recortes sobre o futebol, e cada sessão utiliza-se de videos, imagens, objetos, sons e outros inúmeros recursos que envolvem completamente o visitante, fazendo-o experimentar sensações diversificadas, e participar do espetáculo expositivo. Uma parte do percurso do museu, que ocupa salas diversas em três andares, atinge o ambiente externo do estádio, propiciando ao visitante uma vista do campo e das arquibancadas num dia vazio.


O Museu do Futebol abre suas portas ao público de terça a domingo, das 09h às 17h. O ingresso custa R$ 6,00 (benefício de meia entrada para estudantes, aposentados e maiores de 60 anos, com documento comprovante). Entrada gratuita para crianças até 7 anos, pessoas com deficiência (mais um acompanhante) e professores da rede pública. Às quartas-feiras, o ingresso é gratuito para todos os visitantes.

Endereço: Praça Charles Miller, s/n - Pacaembu
Tel.: (11) 3664-3848
Site: http://www.museudofutebol.org.br/

Estação de metrô mais próxima: 
- Clínicas (Linha 2-Verde) - Aproximadamente 1600 metros.

Lugares próximos:
Instituto Moreira Salles - Aprox. 1000 mts.

(Fotos de Francisco Ocanto)

Theatro São Pedro


O Theatro São Pedro foi inaugurado em 1917, e juntamente com o Theatro Municipal, é um dos únicos remanescentes de uma época de evervescência na construção de casas de espetáculo, não somente em São Paulo mas em toda a América Latina. Com uma história conturbada marcada por diversos fechamentos e reinaugurações, o Theatro São Pedro atualmente mantém suas portas abertas ao público com uma programação principalmente musical: Óperas, música de câmara e concertos já caracterizam há tempos o foco das atividades do teatro, pelo menos desde sua última reinauguração, há 15 anos atrás.

A lotação do teatro é de 636 lugares, sendo 396 destes na platéia (6 reservados para deficientes físicos), 110 no primeiro balcão e 124 no segundo balcão.

Os ingressos podem ser obtidos nas bilheterias do teatro, que funcionam de terça-feira a domingo das 10h às 18h e em dias de espetáculo até o fim do evento. Também podem ser adquiridos pelo site Ingresso Rápido, ou pelo telefone (11) 4003-1212

Endereço: Rua Albuquerque Lins, 207 - Barra Funda
Tel.: (11) 3661-6529
Site: http://www.theatrosaopedro.org.br/

Estação de metrô mais próxima: 
- Marechal Deodoro (Linha 3-Vermelha) - Aproximadamente 450 metros.

Lugares próximos:
Oficina da Palavra Casa Mário de Andrade - Aprox. 900 mts.

(Imagem retirada de http://websarti.blogspot.com.br/2010_08_01_archive.html)

Biblioteca de São Paulo (BSP)


Ocupando a área da antiga Casa de Detenção de São Paulo, mais conhecida como Presídio do Carandiru, que foi desativada e em grande parte demolida, situa-se atualmente o Parque da Juventude. Dentro do parque, uma das principais atrações culturais é a Biblioteca de São Paulo (BSP), inaugurada e aberta ao público em fevereiro de 2010, e mantida pelo Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo. Com um acervo de mais de 35.000 obras no acervo, entre livros, CDs, DVDs, audiolivros, álbuns de histórias em quadrinhos, jogos eletrônicos e jornais nacionais e internacionais, a biblioteca destaca-se por seu projeto arrojado, que inclui uma interessante concepção arquitetônica, propostas de inclusão social por meio da leitura, e diálogo com tecnologias e mídias eletrônicas, como internet, televisão e jogos eletrônicos. Possui, além de seus espaços variados que visam atender com conforto públicos diversificados, um auditório com capacidade para 89 pessoas, no qual desenvolvem-se atividades culturais diversas relacionadas ao universo da leitura.

Endereço: Av. Cruzeiro do Sul, 2630 - Santana
Tel.: (11) 2089-0800
Site: http://bibliotecadesaopaulo.org.br/

Estação de metrô mais próxima: 
- Carandiru (Linha 1-Azul) - Aproximadamente 120 metros.

Lugares próximos:
Museu Aberto de Arte Urbana - Aprox. 120 mts.
Teatro Alfredo Mesquita - Aprox. 800 mts.
Arquivo Público do Estado de São Paulo - Aprox. 950 mts.

(Foto retirada de http://noticias.r7.com/sao-paulo/fotos/sp-ganha-biblioteca-onde-funcionava-carandiru-20100208.html)

Teatro Alfredo Mesquita


O Teatro Alfredo Mesquita, no bairro de Santana, foi inaugurado em dezembro de 1988, e é um teatro mantido pela Secretaria Municipal de Cultura. Batizado em homenagem ao reconhecido teatrólogo, fundador da Escola de Arte Dramática, o teatro possui capacidade de 198 lugares, e mantém uma programação de encenações teatrais para público adulto e infantil. O valor dos ingressos varia de acordo com o espetáculo.

Endereço: Av. Santos Dumont, 1770 - Santana
Tel.: (11) 2221-3657
Site: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/dec/teatros/alfredo_mesquita/

Estação de metrô mais próxima: 
-Carandiru (Linha 1-Azul) - Aproximadamente 700 metros.

Lugares próximos:
Arquivo Público do Estado de São Paulo - Aprox. 650 mts.
Museu Aberto de Arte Urbana - Aprox. 700 mts.
Biblioteca de São Paulo - Aprox. 800 mts.

(Foto de Sylvia Masini, retirada de http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/dec/teatros/alfredo_mesquita/)

Centro Cultural da Juventude (CCJ)


O Centro Cultural da Juventude foi inaugurado em 2006, e é mantido pela Secretaria Municipal de Cultura. Seu amplo espaço é voltado ao incentivo de atividades culturais diversas, e oferece áreas de convivência e espaços para exposições, além de possuir uma biblioteca, um auditório, um teatro de arena, sala de projetos, estúdios de música e ilhas de edição, laboratórios de pesquisas e de idiomas e muito mais. Sua ampla e constante programação oferece cursos e oficinas diversas, espetáculos musicais, de teatro, circo e dança, exibições de filmes, além de outras atividades diversificadas relacionadas ao universo das artes e da cultura.

O CCJ é aberto ao público de terça-feira a sábado das 10h às 20h, e aos domingos e feriados das 10h às 18h.

Endereço: Av. Deputado Emilio Carlos, 3641 - Vila Nova Cachoeirinha
Tel.: (11) 3984-2466
E-mail: comunica@ccj.art.br
Site: http://ccjuve.prefeitura.sp.gov.br/

Clique aqui e veja como chegar (linhas de ônibus).

(Imagem retirada de http://acessibilidadecultural.com.br/centro-cultural-da-juventude-ruth-cardoso/)

Pateo do Collegio


O Pateo do Collegio é um monumento à fundação de São Paulo. Erguido no mesmo local onde o primeiro colégio foi fundado em 1554 pelos jesuítas José de Anchieta, Manuel de Paiva e Afonso Brás, o atual edifício não é o original: Deste, só conserva-se uma parede intacta de taipa de pilão. A construção original foi alterada e reformada diversas vezes pelos próprios jesuítas no século XVI, e depois foi significativamente destruída com a expulsão dos mesmos em 1640 de São Paulo. Com a volta destes três anos depois, iniciou-se a reconstrução, e o novo colégio ficou pronto em 1680. No entanto, com a expulsão dos jesuítas do Brasil em 1759, o espaço foi ocupado para abrigar os governadores da Coroa Portuguesa, e desde então sofreu inúmeras alterações. Somente em 1953 este sítio histórico foi devolvido aos jesuítas, e iniciou-se a construção de um memorial, nos mesmos moldes do antigo colégio do século XVII, que ficou pronto em 1979.

Atualmente, o Pateo do Collegio é um ponto de grande valor histórico e turístico da cidade, oferecendo a seus diversos visitantes o Museu Anchieta, que possui um precioso acervo de cerca de 700 objetos, incluindo arte sacra, objetos de culto, telas e pinturas e cultura material em geral relacionada à história de São Paulo e da Companhia de Jesus, expostos quase em sua totalidade nos espaços do museu, que incluem seis salas e o espaço da cripta. Além do Museu, o Pateo também abriga a Igreja do Beato José de Anchieta, reconstruída aos moldes da antiga igreja do conjunto, demolida no século XIX. A Igreja mantém suas atividades regulares, mas também promove eventos e encontros, como concertos com orquestras e corais.

Endereço: Praça Pateo do Collegio, 2 - Sé
Tel.: (11) 3105-6899
E-mail: pateodocollegio@pateodocollegio.com.br
Site: http://www.pateocollegio.com.br/

Estação de metrô mais próxima: 
- Sé (Linhas 1-Azul e 3-Vermelha) - Aproximadamente 500 metros.

Lugares próximos:
Casa da Imagem - Aprox. 150 mts.
Solar da Marquesa de Santos - Aprox. 160 mts.
Sebo Nova Floresta - Aprox. 500 mts.
Sebo do Messias - Aprox. 550 mts.
SESC Carmo - Aprox. 600 mts.
Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB-SP) - Aprox. 650 mts.
Galeria Prestes Maia - Aprox. 700 mts.
Theatro Municipal - Aprox. 900 mts.

(Foto de Francisco Ocanto)

Auditório Ibirapuera


Localizado dentro do Parque do Ibirapuera, o Auditório Ibirapuera tem projeto do conceituado arquiteto Oscar Niemeyer, responsável pelos projetos de grande parte dos edifícios e espaços do parque. Embora já constasse nos projetos originais do parque, as obras para a construção do Auditório só começaram em 2003 (o parque é da década de 50), e sua inauguração efetiva em 2005. Mantido desde 2011 pelo Itaú Cultural, o Auditório Ibirapuera já consolidou-se como uma das principais atrações do principal parque paulistano por sua programação intensa e diversificada, com música popular, erudita, espetáculos de dança e mais. A capacidade interna para o público é de 800 lugares, mas o Auditório também possui um portão de 20 metros de comprimento por 6 de largura, localizado no fundo do palco, que pode ser aberto, permitindo a visualização do espetáculo pelo público externo, num espaço do parque que pode acomodar confortavelmente 15 mil pessoas. As apresentações com o portão aberto para fora são aos domingos de manhã e gratuitas. A programação paga, por sua vez, geralmente é restrita ao público interno.

A compra de ingressos pode ser feita pelo site Ingresso.com.

Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n
Tel.: (11) 3629-1075
Site: http://www.auditorioibirapuera.com.br/

Estação de metrô mais próxima: 
- Ana Rosa (Linhas 1-Azul e 2-Verde) - Aproximadamente 2200 metros.

Lugares próximos:
Oca do Ibirapuera (Pavilhão Lucas Nogueira Garcez) - Aprox. 50 mts.
Museu Afro Brasil - Aprox. 150 mts.
Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) - Aprox. 150 mts.
Pavilhão das Culturas Brasileiras - Aprox. 150 mts.

(Foto de Francisco Ocanto)

Livraria Cultura - Unidade Conjunto Nacional


Uma das principais e melhores livrarias do país, a Livraria Cultura foi fundada por Eva Herz em 1947, e está no Conjunto Nacional desde 1969. A loja atual, inaugurada em 2007 e com 4300 metros, é a maior livraria do país, e se relaciona com mais quatro lojas temáticas também mantidas pela Cultura na galeria do Conjunto Nacional: O setor de Artes, onde concentra-se todo o acervo da Livraria para assuntos como fotografia, design, artes plásticas, arquitetura, artes cênicas, cinema, gastronomia e mais; a Companhia das Letras por Livraria Cultura, uma loja exclusivamente dedicada aos títulos desta editora comercializados pela Livraria, totalizando um catálogo de mais de 2,5 mil títulos; a Instituto Moreira Salles por Livraria Cultura, que segue o mesmo conceito voltando-se às publicações do IMS; e a loja Geek.Etc.Br, especializada em títulos e artigos diversos do universo geek.

Dentro da loja principal da Livraria, todo o amplo catálogo de títulos é minuciosamente organizado em sessões temáticas, e há sessões dedicadas exclusivamente a títulos em línguas estrangeiras, separando-se os livros por idioma. Além dos livros em si, a Livraria também possui sessões excelentemente organizadas de Papelaria, DVDs e Blu-Rays e LPs e CDs. No último andar, uma sessão separada que concentra livros de música e sobre música, filmes musicais e as sessões de música clássica, jazz e world music.

Todo o espaço da Livraria é dotado de poltronas, sofás, pufes e outros assentos para o público ficar bem à vontade enquanto manuseia os livros. A Livraria ainda conta com um café, e abriga dentro de suas dependências o Teatro Eva Herz, que recebe uma programação diversificada de espetáculos.




A Livraria Cultura - Unidade Conjunto Nacional funciona de segunda-feira a sábado das 9h às 22h, e nos domingos e feriados das 12h às 20h.

Endereço: Av. Paulista, 2073 - Térreo
Tel.: (11) 3170-4033
Site: http://www.livrariacultura.com.br/

Estação de metrô mais próxima: 
- Consolação (Linha 2-Verde ou 4-Amarela [conectada à estação Paulista]) - Aproximadamente 90 metros.

Lugares próximos:
Cine Livraria Cultura - Encontra-se no mesmo edifício
Conjunto Nacional - Encontra-se no mesmo edifício
Espaço Itaú de Cinema - Aprox. 300 mts.
CineSesc - Aprox. 400 mts.
Galeria Ouro Velho - Aprox. 400 mts.

Feira de Antiguidades da Paulista - Aprox. 500 mts.
Feira de Artes do Trianon - Aprox. 500 mts.
Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP) - Aprox. 500 mts.

Passagem Subterrânea Parada Paulista - Aprox. 500 mts.
Centro Cultural FIESP - Ruth Cardoso - Aprox. 750 mts.
Livraria da Vila - Unidade Lorena - Aprox. 1000 mts.

(Fotos de Micael Guimarães e Francisco Ocanto)

Cine Livraria Cultura


Desde setembro de 2010, o cinema localizado dentro do Conjunto Nacional tornou-se o Cine Livraria Cultura. Mantido pela reconhecida livraria que ocupa diversos espaços da galeria do edifício, o cinema manteve a proposta de programação que já caracterizava o local nas administrações anteriores, focando-se em produções europeias, nacionais, latinoamericanas, asiáticas e propostas mais caracterizadamente artísticas em geral, evitando as produções comerciais da indústria do cinema hollywoodiano.

O cinema é composto por duas salas, e também possui um bom café, o Scada Café.


Os preços variam de acordo com o dia: R$ 18,00 de segunda a quinta, e R$ 24,00 de sexta a domingo e feriados. Estudantes, aposentados, clientes +cultura ou com o cartão Livraria Cultura Itaucard pagam meia entrada.


Endereço: 
Av. Paulista, 2073 - Térreo.
Tel.: (11) 3285-3696
Site: http://www.cinelivrariacultura.com.br/

Estação de metrô mais próxima: 

- Consolação (Linha 2-Verde ou 4-Amarela [conectada à estação Paulista]) - Aproximadamente 90 metros.

Lugares próximos:
Conjunto Nacional - Encontra-se no mesmo edifício
Livraria Cultura - Unidade Conjunto Nacional - Encontra-se no mesmo edifício
Espaço Itaú de Cinema - Aprox. 300 mts.
CineSesc - Aprox. 400 mts.
Galeria Ouro Velho - Aprox. 400 mts.
Feira de Antiguidades da Paulista - Aprox. 500 mts.
Feira de Artes do Trianon - Aprox. 500 mts.
Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP) - Aprox. 500 mts.
Passagem Subterrânea Parada Paulista - Aprox. 500 mts.
Centro Cultural FIESP - Ruth Cardoso - Aprox. 750 mts.
Livraria da Vila - Unidade Lorena - Aprox. 1000 mts.


(Foto de Micael Guimarães)

Cine Sabesp


Esta sala de cinema, atualmente mantida pela Companhia do Saneamento Básico de São Paulo (Sabesp), foi inaugurada em 1959 como Cine Fiametta, e desde então, mudou de nome inúmeras vezes. Popularmente conhecida simplesmente como "cinema da Vila", a sala possui 271 lugares e programação especializada, focada sobretudo em produções significativas do cinema europeu.

Endereço: Rua Fradique Coutinho, 361 - Pinheiros
Tel.: (11) 5096-0585
Site: http://site.sabesp.com.br/site/interna/Default.aspx?secaoId=91

Estação de metrô mais próxima: 
- Faria Lima (Linha 4-Amarela) - Aproximadamente 1000 metros.

Lugares próximos:
Eric Discos - Aprox. 450 mts.
Tertúlia Sebo & Café - Aprox. 500 mts. 
Beco do Aprendiz - Aprox. 550 mts.
Livraria da Vila - Unidade Fradique - Aprox. 550 mts.
Beco do Batman - Aprox. 900 mts.
Feira de Artes e Artesanato da Praça dos Omaguás - Aprox. 900 mts.
Fnac Pinheiros - Aprox. 900 mts.
Choque Cultural - Aprox. 1000 mts.

(Foto de Micael Guimarães)

Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP)


O MASP, Museu de Arte de São Paulo, foi fundado em 1949 pelo empresário e jornalista Assis Chateaubriand e pelo jornalista e crítico de arte Pietro Maria Bardi, e atualmente é considerado o mais importante museu de arte ocidental do hemisfério sul. Seu atual edifício e sede foi projetado pela renomada arquiteta Lina Bo Bardi e inaugurado em 1968, e hoje constitui um dos principais cartões postais da capital paulistana. Sua suspensão por quatro grandes colunas preserva a vista para a região central e para a Serra da Cantareira através do vale da Avenida 9 de Julho, e o vão sob o museu é utilizado como um espaço de reunião e convivência social, sendo constantemente ocupado por jovens, artesãos e grupos diversos, e servindo como ponto de concentração para passeatas e manifestações diversas.

O acervo do MASP possui aproximadamente 8000 peças, e devido à sua importância, foi tombado pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Grande parte do acervo é composto por importantes pinturas de origem principalmente italiana e francesa, figurando obras de artistas como Rafael, Botticelli, Delacroix, Monet, Renoir, Cèzanne, Picasso, Modigliani, Toulouse-Lautrec, Van Gogh, Matisse, Chagall e muitos outros, de diferentes épocas e escolas artísticas; o acervo também abriga uma grande coleção de artistas ibéricos e latino-americanos, com artistas como Diego Rivera e os renomados brasileiros Portinari, Di Cavalcanti e Anita Malfatti, entre muitos outros; importantes esculturas, de artistas renomados como Degas, Rodin, Victor Brecheret e outros; e outras significativas coleções de gravuras, fotografias, desenhos, arqueologia, maiólicas, tapeçarias, arte decorativa e kitsch.

Além de seus espaços expositivos, o MASP ainda conta, nos subsolos, com um auditório que recebe constantes apresentações de teatro, dança, música e debates e palestras, com um café, um restaurante e uma pequena loja com reproduções (pôsteres) de obras de arte, souvenires e livros diversos sobre arte.

Os ingressos custam R$ 15,00 e dão direito à visitação de todas as exposições em cartaz no dia. Estudantes, professores e aposentados, com documento comprovante, têm direito a meia entrada. Menores de 10 anos e maiores de 60 não pagam ingresso. Às terças-feiras o ingresso é gratuito para o público em geral.

O MASP abre de terça-feira a domingo das 10h às 18h (quinta-feira das 10h às 20h).

Endereço: Avenida Paulista, 1578
Tel.: (11) 3251-5644
Site: http://masp.art.br/

Estação de metrô mais próxima: 
- Trianon-Masp (Linha 2-Verde) - Aproximadamente 140 metros.

Lugares próximos:
Feira de Antiguidades da Paulista - Mesmo local
Feira de Artes do Trianon - Aprox. 10 mts.
Centro Cultural FIESP - Ruth Cardoso - Aprox. 260 mts.
Cine Livraria Cultura - Aprox. 500 mts.
Conjunto Nacional - Aprox. 500 mts.
Livraria Cultura - Unidade Conjunto Nacional - Aprox. 500 mts.
Reserva Cultural - Aprox. 700 mts.
Fnac Paulista - Aprox. 700 mts.
Espaço Itaú de Cinema - Augusta - Aprox. 800 mts.
Galeria Ouro Velho - Aprox. 900 mts.
CineSesc - Aprox. 900 mts.
Livraria Martins Fontes - Unidade Paulista - Aprox. 1000 mts.

(Foto de Patricio Perez)

Museu Paulista da Universidade de São Paulo


O Museu Paulista, mais popularmente conhecido simplesmente como “Museu do Ipiranga”, é um excelente museu de São Paulo, abrigado por um edifício projetado no século XIX, nos tempos do Império. Já consagrado como um dos principais cartões postais da cidade, por sua arquitetura e seus jardins estilo Versailles, o Museu Paulista oferece, em pesquisa e exposições, alguns dos mais refinados trabalhos sobre São Paulo, sua história e memória.

Em seus corredores e salões, o Museu Paulista mantém uma exposição permanente, que aborda aspectos diversos da história de São Paulo através de diferentes galerias organizadas de acordo com recortes temáticos. Discussões que vão desde a fundação da cidade, seus mitos e história, até questões do trabalho, do cotidiano e do universo social paulista, são propostas pelo conjunto exposto, que utiliza-se de diferentes elementos, como imagens, texto, som, vídeo e objetos expostos, de cultura material ou finalidade didática. O Museu também abriga exposições temporárias, com diferentes temáticas sempre relacionadas à história de São Paulo em seus diversos aspectos.

O ingresso para a visita ao museu custa R$ 6,00, e é gratuito para menores de 6 anos, maiores de 60 anos, deficientes físicos, membros da comunidade USP (alunos, professores, funcionários) e para professores acompanhantes de grupos de pelo menos 20 alunos. No primeiro domingo de todo mês a entrada é gratuita a todos os visitantes.

O Museu abre para visitação de terça-feira a domingo, das 9h às 17h.

Endereço: Parque da Independência, s/n – Ipiranga
Tel.: (11) 2065-8000
Site: http://www.mp.usp.br/

Estação de metrô mais próxima: 
- Santos-Imigrantes (Linha 2-Verde) - Aproximadamente 2000 metros

Lugares próximos:
SESC Ipiranga - Aprox. 300 mts.
Casa do Grito - Aprox. 500 mts.

(Foto retirada de http://www.usp.br/imprensa/?p=1068)

Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin


Em 2006, o reconhecido casal de bibliófilos Guita e José Mindlin doou à Universidade de São Paulo uma extensa coleção de livros, em sua maioria raros, composta por cerca de 60 mil volumes. A partir desta aquisição, a Universidade iniciou o projeto de uma biblioteca para recebê-los, e sua sede na Cidade Universitária, cujo projeto é assinado pelos arquitetos Eduardo de Almeida e Rodrigo Mindlin Loeb, foi inaugurada em março de 2013.

O edifício sede da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin abriga diferentes ambientes, e além do espaço da biblioteca em si, com seu acervo e espaços voltados para a leitura e pesquisa, o edifício possui espaços expositivos, um amplo auditório, e abriga a excelente Livraria João Alexandre Barbosa, da Editora da Universidade de São Paulo (Edusp).




O acesso à Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin se dá por duas rampas, uma vinda da Avenida Luciano Gualberto, na altura do prédio dos departamentos de História e Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), e outra vinda da Rua da Biblioteca, em frente à Praça do Relógio Solar.

Tel.: (11) 3091-1154

Estações de metrô/trem mais próximas: 
- Butantã (Linha 4-Amarela) – Aproximadamente 2000 metros
- Cidade Universitária (Linha 9-Esmeralda) – Aproximadamente 2600 metros.

Lugares próximos:
Paço das Artes – Aprox. 700 mts.

(Fotos de Micael Guimarães)

Fnac Paulista


A Fnac Paulista é composta por dois pisos inteiramente ocupados e cuidadosamente ordenados para todos aqueles que procurem DVDs, CDs, livros, revistas, produtos de informática e eletrônicos, games e mais.
No Piso Paulista (superior) encontram-se a seção de livros, subdividida em suas diversas categorias específicas, na qual encontram-se pelo menos 100 mil títulos à venda, o Forum, espaço onde constantemente realizam-se palestras e workshops, e as Galerias Fnac, onde expõem-se constantemente trabalhos de artes gráficas, principalmente fotografia.

No Piso Alameda Santos (inferior) encontra-se a maior parte da loja, com suas diferentes seções: Uma revistaria, com jornais e revistas nacionais e importados; o espaço Fnac Kids, com títulos voltados ao público infantil; a seção de Audio e Video - Fotografia, onde encontram-se os mais modernos produtos destas áreas; uma seção de Informática, com inúmeros e diversos aparelhos expostos à venda; a seção de DVD e Vídeo, com cerca de 100 mil títulos disponíveis, entre filmes (separados em subgêneros) e musicais; e a seção de Música, com cerca de 100 mil CDs de artistas variados, organizados em seções de subgêneros musicais.



Horário de funcionamento: Segunda-feira a sábado das 10h às 22h; Domingos e feriados das 11h às 20h.

A Fnac Paulista possui acessos por duas entradas: Uma pela Avenida Paulista, 901, e outra pela Alameda Santos, altura do número 900.

Tel.: (11) 2123-2000
Site: http://www.fnac.com.br/

Estação de metrô mais próxima: 
Trianon-Masp (Linha 2-Verde) - Aproximadamente 350 metros

Lugares próximos:
Reserva Cultural - Aprox. 20 mts.
Livraria Martins Fontes - Unidade Paulista - Aprox. 350 mts.
Centro Cultural FIESP - Ruth Cardoso - Aprox. 400 mts.
Feira de Antiguidades da Paulista - Aprox. 700 mts.
Feira de Artes do Trianon - Aprox. 700 mts.
Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP) - Aprox. 700 mts.
Itaú Cultural - Aprox. 750 mts.
Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura - Aprox. 850 mts.

(Fotos de Micael Guimarães)

Reserva Cultural


A Reserva Cultural é um cinema localizado no térreo do Edifício Gazeta, da Fundação Cásper Líbero. Composta por quatro salas, a Reserva é atualmente um dos cinemas mais destacados da cidade, e sua programação já foi premiada diversas vezes por diferentes revistas e jornais de São Paulo, sempre preocupada em pôr em cartaz filmes de destaque do cenário internacional do cinema. O cinema francês é um dos que mais recebe atenção, embora não exclusivamente - filmes europeus em geral, bem como asiáticos, latinoamericanos e mais, também compõem constantemente a programação.

Além do cinema em si, a Reserva ainda conta com um Bistrô, onde pode-se saborear desde um docinho ou salgado até pratos mais sofisticados, elaborados e preparados pelo Chef Fábio Rigonati. Além do Bistrô, o espaço abriga também a Boulangerie Pain de France, que serve refeições rápidas inspiradas na culinária francesa.

Por fim, o espaço ainda conta com a Livraria e Revistaria Lima Barreto, com obras de literatura nacional e estrangeira e de perfil autoral, além de excelentes filmes em DVD à venda.

Com todo seu clima de sofisticação, os preços da Reserva não poderiam deixar de ser um pouco salgados: O valor das diversas opções do Bistrô pode surpreender alguém mais desavisado, e a entrada para as sessões está um pouco acima do valor comumente cobrado em outros cinemas da cidade. O valor dos ingressos varia de acordo com o dia e o horário, mas garante sempre o benefício de meia entrada. Os lugares na plateia são marcados.

Endereço: Av. Paulista, 900 - Térreo Baixo.
Tel.: (11) 3287-3529
Site: http://www.reservacultural.com.br/

Estação de metrô mais próxima: 
- Trianon-Masp (Linha 2-Verde) - Aproximadamente 350 metros

Lugares próximos:
Fnac Paulista - Aprox. 20 mts.
Livraria Martins Fontes - Unidade Paulista - Aprox. 350 mts.
Centro Cultural FIESP - Ruth Cardoso - Aprox. 450 mts.
Feira de Antiguidades da Paulista - Aprox. 700 mts.
Feira de Artes do Trianon - Aprox. 700 mts.
Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP) - Aprox. 700 mts.
Itaú Cultural - Aprox. 750 mts.
Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura - Aprox. 850 mts.
Feira de Antiguidades do Bixiga - Aprox. 1000 mts.

(Foto de Micael Guimarães)

Espaço Itaú de Cinema - Augusta


O Espaço Itaú de Cinema já é um dos mais tradicionais cinemas de rua da cidade de São Paulo. Sua programação evita filmes hollywoodianos, dando maior atenção a produções europeias, latinoamericanas e asiáticas. Com cinco excelentes salas de tamanhos variados, distribuídas em dois espaços em uma das principais ruas de São Paulo, o Espaço Itaú de Cinema também recebe cursos e palestras relacionadas ao universo do cinema, além de possuir uma loja com um amplo acervo de livros, e cafés-bombonieres em ambos os espaços. Além dos filmes regularmente em cartaz, o Espaço Itaú de Cinema também participa constantemente de importantes festivais e mostras, como a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, exibindo filmes participantes dos mesmos em suas salas.

O preço dos ingressos varia de acordo com o dia e a sala. Em todos os casos, é sempre garantido o benefício de meia entrada para estudantes, crianças, idosos e pagantes com cartão de conta corrente Itaú ou cartão de crédito Itaucard ou Unicard.

Endereço: Rua Augusta, números 1470 e 1475
Site: http://itaucinemas.com.br/

Estação de metrô mais próxima: 
- Consolação (Linha 2-Verde e 4-Amarela [conectada à estação Paulista]) - Aproximadamente 200 metros.

Lugares próximos:
Galeria Ouro Velho - Aprox. 100 mts.
Cine Livraria Cultura - Aprox. 300 mts.
Conjunto Nacional - Aprox. 300 mts.
Livraria Cultura- Unidade Conjunto Nacional - Aprox. 300 mts.
CineSesc - Aprox. 600 mts.
Passagem Subterrânea Parada Paulista - Aprox. 650 mts.
Feira de Antiguidades da Paulista - Aprox. 800 mts. 
Feira de Artes do Trianon - Aprox. 800 mts.
Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP) - Aprox. 800 mts. 
Luci Livros - Aprox. 900 mts.

(Foto de Micael Guimarães)

CineSesc


O CineSesc é uma excelente sala de cinema mantida pela rede Sesc (Serviço Social do Comércio). Sua programação atenta para filmes menos contemplados pelo circuito comercial, além de constantemente abrigar mostras e festivais diversos de grande importância e reconhecimento. A sala é equipada com tecnologia audiovisual de ponta, e dispõe de 326 lugares na platéia, além de um bar-café integrado à sala, do qual também é possível desfrutar do filme. Além disso, o CineSesc também dispõe de um auditório de 60 lugares, que constantemente recebe cursos e palestras; um hall de espera, sempre decorado ou ocupado por imagens e exposições relacionadas ao cinema brasileiro, com um bom café de preços honestos; e uma lojinha de produtos da rede Sesc, como CDs, DVDs, livros e camisetas.

O preço dos ingressos varia de acordo com o filme ou mostra em cartaz, mas sempre garante-se o benefício de desconto de meia entrada para comerciários, idosos e estudantes.

Endereço: Rua Augusta, 2075 - Cerqueira César
Tel.: (11) 3087-0501
Site: http://www.sescsp.org.br/sesc/busca/index.cfm?unidadesdirector=50

Estação de metrô mais próxima: 
- Consolação (Linha 2-Verde e 4-Amarela [conectada à estação Paulista]) - Aproximadamente 400 metros.

Lugares próximos:
Cine Livraria Cultura - Aprox. 400 mts.
Conjunto Nacional - Aprox. 400 mts.
Livraria Cultura - Unidade Conjunto Nacional - Aprox. 400 mts.
Espaço Itaú de Cinema - Augusta - Aprox. 600 mts.
Galeria Ouro Velho - Aprox. 700 mts.
Livraria da Vila - Unidade Lorena - Aprox. 700 mts.
Passagem Subterrânea Parada Paulista - Aprox. 750 mts.
Feira de Antiguidades da Paulista - Aprox. 900 mts.
Feira de Artes do Trianon - Aprox. 900 mts.
Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP) - Aprox. 900 mts.

(Foto de Micael Guimarães)

Galeria Ouro Velho



A tradicional Galeria Ouro Velho, na Rua Augusta, foi construída em 1962, projetada pelo conceituado arquiteto modernista Jorge Wilheim, e atualmente consiste num agradável ambiente, reunindo lojas distintas e diversas, desde agências de turismo e ateliês de costura até sebos, livrarias, lojas de discos e mais. Os espaços da galeria, marcados pela tranquilidade, contrastam com o ritmo acelerado da Rua Augusta, mas ao mesmo tempo relacionam-se e integram-se perfeitamente ao ambiente dinâmico e multicultural desta que tradicionalmente é uma das mais importantes ruas da cidade.


Endereço: Rua Augusta, 1371
Site: http://galeria-ourovelho.blogspot.com.br/

Estação de metrô mais próxima: 
- Consolação (Linha 2-Verde e 4-Amarela [conectada à estação Paulista]) - Aproximadamente 260 metros.

Lugares próximos:
Espaço Itaú de Cinema - Augusta - Aprox. 100 mts.
Cine Livraria Cultura - Aprox. 400 mts.
Conjunto Nacional - Aprox. 400 mts.
Livraria Cultura - Unidade Conjunto Nacional - Aprox. 400 mts.
Passagem Subterrânea Parada Paulista - Aprox. 650 mts.
CineSesc - Aprox. 700 mts.
Luci Livros - Aprox. 750 mts. 
Feira de Antiguidades da Paulista - Aprox. 900 mts.
Feira de Artes do Trianon - Aprox. 900 mts.
Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP) - Aprox. 900 mts.

(Fotos de Micael Guimarães)

Museu da Casa Brasileira


Criado em 1970, o Museu da Casa Brasileira ocupa uma mansão dos anos 40, e dedica-se à pesquisa e difusão de temas relacionados à cultura material e história dos ambientes domésticos brasileiros. O museu apresenta uma exposição permanente, que traz parte de sua coleção de mobiliário variado, do século XVII ao século XXI, mas também recebe constantemente exposições temporárias relacionadas ao universo do design e da arquitetura, ou discutindo questões mais amplas, como patrimônio ou cultura material. Exposições temporárias elaboradas a partir das coleções do acervo do próprio museu também são comuns, organizando-se a partir de eixos e recortes temáticos.
Além de suas atividades expositivas em si, o museu também recebe constantemente uma ampla agenda de palestras, debates e cursos, bem como apresentações musicais.

Ingresso: R$4,00 (público geral), R$2,00 (estudantes). Gratuito aos domingos e feriados.

Horário de funcionamento: Terça-feira a domingo, das 10h às 18h.

Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705
Tel.: (11) 3032-3727
Site: http://www.mcb.org.br/

Estação de trem mais próxima: 
- Cidade Jardim (Linha 9-Esmeralda) - Aproximadamente 950 metros.

Lugares próximos:
Teatro Décio de Almeida Prado - Aprox. 900 mts.
Biblioteca Anne Frank - Aprox. 900 mts.

(Foto de Micael Guimarães)

Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC-USP) - Cidade Universitária


O Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC-USP) foi criado em 1963, e é um dos mais importantes museus de arte moderna e contemporânea em toda a América Latina. Seu acervo atualmente possui cerca de 10 mil obras, com destaque para artistas como Picasso, Matisse, Miró, Kandinsky, Modigliani, Tarsila do Amaral, Volpi, Di Cavalcanti e muitos outros. A programação do museu é intensa, e além das diversas exposições constantemente montadas sob os mais diversos recortes, são desenvolvidas outras atividades culturais, como cursos, palestras, atividades de ateliê e mais.

A unidade do MAC-USP na Cidade Universitária também conta com a Biblioteca Lourival Gomes Machado, que além de possuir um extenso e valioso acervo sobre Artes, desenvolve atividades e projetos de pesquisa e difusão cultural.

Horário de funcionamento: Terças e quintas-feiras das 10h às 20h; Quartas, sextas-feiras, sábados, domingos e feriados das 10h às 18h.

Endereço: Rua da Praça do Relógio, 160 - Cidade Universitária
Tel.: (11) 3091-3039
Site: http://www.mac.usp.br/

Estações de metrô/trem mais próximas: 
- Butantã (Linha 4-Amarela) - Aproximadamente 2100 metros
- Cidade Universitária (Linha 9-Esmeralda) - Aproximadamente 2500 metros.

Lugares próximos:
Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin - Aprox. 200 mts.
Paço das Artes - Aprox. 800 mts.

(Foto de Micael Guimarães)

Centro de Cultura Judaica (Casa de Cultura de Israel)


O Centro de Cultura Judaica foi fundado em 1964 por Leon Feffer sob a denominação de Casa de Cultura de Israel. Sua atual sede foi inaugurada em abril de 2003, e desde então atividades diversas são desenvolvidas no espaço, sempre relacionadas ao universo da cultura judaica, de forte presença na cidade de São Paulo, e seus diálogos e interrelações com a cultura brasileira. Com uma programação ampla e diversificada, o Centro de Cultura Judaica recebe constantemente mostras e festivais de cinema, artes cênicas, dança e outras linguagens expressivas, além de exposições de artes visuais e cursos diversos oferecidos ao público. Além das áreas expositivas, o prédio também conta com outros espaços, como uma ampla cafeteria, uma praça, um teatro e um auditório.

Endereço: Rua Oscar Freire, 2500 - Sumaré
Tel.: (11) 3065-4333
Site: http://www.culturajudaica.org.br/

Estação de metrô mais próxima: 
- Sumaré (Linha 2-Verde) - Aproximadamente 50 metros.

Lugares próximos:
Ponto do Livro - Livraria, Café & Arte - Aprox. 400 mts.
Casa Guilherme de Almeida - Aprox. 1000 mts.

(Foto de Micael Guimarães)

Teatro Décio de Almeida Prado


Inaugurado em 2008, o Teatro Décio de Almeida Prado, batizado em homenagem ao reconhecido crítico de teatro, ensaísta e professor, é um teatro mantido pela Secretaria Municipal de Cultura. Com capacidade total de 186 lugares, mantém uma programação diversificada, constantemente apresentando excelentes atrações musicais. Geralmente os eventos possuem entrada gratuita.

Endereço: Rua Cojuba 45 B - Itaim Bibi
Tel.: (11) 3079-3438
Site: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/dec/teatros/decio_de_almeida_prado/

Estação de trem mais próxima: 
- Cidade Jardim (Linha 9-Esmeralda) - Aproximadamente 1 km.

Lugares próximos:
Biblioteca Anne Frank - Aprox. 5 mts.
Museu da Casa Brasileira - Aprox. 900 mts.

(Foto de Micael Guimarães)

Museu Afro Brasil


O Museu Afro Brasil, inaugurado em 23 de outubro de 2004, é um espaço de preservação e difusão da cultura, história e memória afro-brasileira, localizado dentro do Parque do Ibirapuera. Vinculado à Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, o Museu possui um acervo de cerca de 5 mil obras, grande parte destas doadas pelo curador Emanoel Araujo, atual diretor do Museu, e sua programação apresenta constantes mostras e exposições diversificadas, elaboradas sob eixos temáticos distintos relacionados ao universo da cultura afro-brasileira.

Além de sua área expositiva, o Museu também disponibiliza a seus visitantes o Auditório Ruth de Souza, que possui 150 lugares e recebe uma programação diversa, que inclui apresentações musicais e palestras; e  a Biblioteca Carolina Maria de Jesus, com um acervo de cerca de 6.800 títulos, com destaque para uma coleção de raras publicações sobre o tráfico atlântico de escravos e a abolição da escravatura no Brasil, na América Latina, no Caribe e nos Estados Unidos.

Entrada gratuita.

Horário de visitação: De terça-feira a domingo das 10h às 17h.

Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/n - Parque do Ibirapuera, Portão 10.
Tel.: (11) 3320-8900
Site: http://www.museuafrobrasil.org.br/

Estação de metrô mais próxima: 
- Paraíso (Linha 1-Azul e 2-Verde) - Aproximadamente 2000 metros.

Lugares próximos:
Pavilhão das Culturas Brasileiras - Aprox. 100 mts.
Auditório Ibirapuera - Aprox. 150 mts.
Oca do Ibirapuera (Pavilhão Lucas Nogueira Garcez) - Aprox. 400 mts.
Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) - Aprox. 600 mts.

(Foto de Daniela Guillén)

Biblioteca Anne Frank


A Biblioteca Anne Frank, mantida pela Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo, iniciou suas atividades em junho de 1947. Possui um acervo de aproximadamente 38 mil exemplares, dentre os quais encontram-se títulos de literatura e informação, atlas, multimídia e mais. O acervo, bem como as atividades regulares da programação cultural da biblioteca, são majoritariamente voltadas ao público infantil e infanto-juvenil, embora não exclusivamente.

Endereço: Rua Cojuba, 45 - Itaim Bibi
Tel.: (11) 3078-6352
E-mail para contato: bmannefrank@yahoo.com.br
Site: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/bibliotecas/bibliotecas_bairro/bibliotecas_a_l/annefrank/

Estação de trem mais próxima: 
- Cidade Jardim (Linha 9-Esmeralda) - Aproximadamente 1 km. 

Lugares próximos:
Teatro Décio de Almeida Prado - Aprox. 5 mts.
Museu da Casa Brasileira - Aprox. 900 mts.

(Foto de Micael Guimarães)

Livraria Sol


Fundada em 1949 no tradicional bairro oriental da Liberdade, a Livraria Sol é referência de livros em japonês sobre os mais diversos assuntos, mesmo entre as outras livrarias existentes na região. De mangás a livros sobre tatuagem, o forte da livraria são livros técnicos ou temáticos sobre artes manuais, artesanato, decoração e culinária, mas também podem ser encontrados alguns títulos de literatura e histórias infantis. Também são vendidas canetas especiais, facas, papéis, tintas e outros materiais variados.

Endereço: Praça da Liberdade, 153.
Site: http://www.livrariasol.com.br/

Estação de metrô mais próxima: 
- Liberdade (Linha 1-Azul) - Aproximadamente 10 metros.

Lugares próximos:
Feira da Liberdade - Aprox. 10 mts.
Sebo do Messias - Aprox. 450 m
Sebo Nova Floresta - Aprox. 550 mts.
Solar da Marquesa de Santos - Aprox. 890 mts.
Casa da Imagem - Aprox. 900 mts.
Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB-SP) - Aprox. 1000 mts.
SESC Carmo - Aprox. 1000 mts.

(Foto retirada de: http://www.dicassaopaulo.com.br/2010/06/13/livraria-sol-3/)

Livraria da Vila - Unidade Fradique


A Livraria da Vila foi fundada em 1985, e atualmente é uma das principais livrarias da cidade de São Paulo, com sete lojas espalhadas pela cidade. A loja original, no entanto, localizada no coração da Vila Madalena, bairro de intensa programação cultural, se mantém como uma das mais interessantes: Além de um amplo acervo de títulos dos mais diversos temas, espalhados pelas várias áreas do fascinante espaço da livraria, também há uma seção dedicada a CDs e DVDs, um agradável café e um auditório onde se realizam palestras, cursos, pocket shows e outros eventos. A livraria também recebe constantemente lançamentos de livros, realizados em seus diferentes espaços.

Horário de funcionamento: Segunda a sexta-feira das 09h às 22h. Sábado das 10h às 20h. Domingo das 11h às 20h.

Endereço: Rua Fradique Coutinho, 915
Tel.: (11) 3814-5811
Site: http://www.livrariadavila.com.br/

Estação de metrô mais próxima: 
Faria Lima (Linha 4-Amarela) - Aproximadamente 1300 metros.

Lugares próximos:
Beco do Aprendiz - Aprox. 250 mts.
Beco do Batman - Aprox. 500 mts.
Cine Sabesp - Aprox. 550 mts.
Feira de Artes e Artesanato da Praça dos Omaguás - Aprox. 650 mts.
Fnac Pinheiros - Aprox. 650 mts.
Instituto Tomie Ohtake - Aprox. 700 mts.
Choque Cultural - Aprox. 750 mts.
Eric Discos - Aprox. 1000 mts.
Feira de Artes, Cultura e Lazer da Praça Benedito Calixto - Aprox. 1000 mts.
Tertúlia Sebo & Café - Aprox. 1000 mts.

(Foto de Micael Guimarães)

Sebo do Messias


O Sebo do Messias é, atualmente, o maior sebo do Brasil, e é referência na procura de livros raros e usados, principalmente pela internet. Além da loja virtual, possui duas lojas físicas na região da Praça da Sé, área já tradicionalmente ocupada por sebos e estabelecimentos voltados ao comércio de livros raros e usados. A matriz, na Praça João Mendes, é a loja original fundada pelo próprio Messias em fins de 1969.

Atualmente, além do comércio de livros, o Sebo também apresenta prateleiras e sessões completas dedicadas a gibis, DVDs, CDs, LPs, e algumas vitrines expondo até mesmo aparelhos eletrônicos usados, como TVs e videogames antigos. Tudo à venda por preços bastante justos, e excelentemente organizado em sessões temáticas.


Horário de funcionamento: 09h às 19h, de segunda a sexta-feira. Sábado das 09h às 17h (exceto feriados).

Endereço: Praça João Mendes, 140 e 166.
Tel.: (11) 3104-7111

Estação de metrô mais próxima: 
- Sé (Linhas 1-Azul e 3-Vermelha) - Aproximadamente 200 metros.

Lugares próximos:
Sebo Nova Floresta - Aprox. 70 mts.
Livraria Sol - Aprox. 450 m
Pateo do Collegio - Aprox. 550 mts.
Solar da Marquesa de Santos - Aprox. 590 mts.
Casa da Imagem - Aprox. 600 mts.
Galeria Prestes Maia - Aprox. 700 mts.
SESC Carmo - Aprox. 700 mts.
Teatro Oficina - Aprox. 1000 mts.

(Foto de Daniela Guillén)